Como a Internet das Coisas pode impactar as operações de TI na sua empresa

Como a Internet das Coisas pode impactar as operações de TI na sua empresa

operações de ti

A IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas, na tradução) deixou de ser apenas uma perspectiva e se tornou, de fato, uma tecnologia que impacta diretamente nas operações de TI.

Leia mais: Qual a melhor linguagem de programação de inteligência artificial? Confira!

Um estudo da Bain & Co apontou que os gastos com Internet das Coisas estão em alta. O levantamento diz que, até 2021, as despesas relacionadas à área são estimadas em US$ 520 bilhões. A título de comparação, o valor era de apenas US$ 235 bilhões em 2017.

Já a Hewlett Packard Enterprise, por meio da Aruba, destacou os setores que podem ser beneficiados por causa da adoção de dispositivos interconectados no Brasil.

Áreas como a tecnologia da informação, operações de TI e segurança foram consideradas por 85%, 62% e 60% dos executivos entrevistados, respectivamente, com maior possibilidade de serem favorecidas.

Como a Internet das Coisas influencia nas operações de TI?

O IoT é definido pela conexão entre objetos físicos — chamados devices —, entre si e com a internet, estando sempre à disposição dos usuários. Mas como essa novidade pode impactar as operações de TI?

A fim de solucionar essa questão, preparamos uma lista das principais mudanças que têm a possibilidade de serem trazidas para as corporações e aplicadas com a ajuda do setor de operações de TI. Confira:

Redução dos gastos

A Internet das Coisas viabiliza melhor eficiência energética para as organizações. Isso porque, através de sensores inteligentes, é possível evitar o consumo exagerado.

Um exemplo dessa aplicação se faz presente quando o item reconhece as condições de cada momento e regula a quantidade de luz que precisa ser gerada.

Durante o período matutino, em que há presença forte do Sol, pode ser diminuída a emissão de claridade. No final do dia, o cenário se inverte devido à escuridão natural da noite.

Veja também: 5 dicas para redução de custos com as operações de TI

Aumento da produtividade

O crescimento da eficiência dos funcionários é um dos ganhos esperados com a Internet das Coisas.

Com os dispositivos conectados, será possível ter acesso facilitado a uma série de dados que irão ajudar as companhias a simplificar os processos, garantindo melhores resultados em menos tempo.

Chegada de gadgets práticos

Outra facilidade que deve ganhar espaço no mercado e se tornar comum é a presença de sistemas que permitam a realização de tarefas de forma prática.

Sejam eles os assistentes pessoais encontrados em smartphones ou mesmo URAs (Unidade de Resposta Audível) e Chatbots, essas inovações facilitam a vivência no local de trabalho.

Por meio desses recursos virtuais, comandos simples podem permitir a execução de ligações, pesquisas, vendas, agendamentos e muito mais.

Melhorar o controle de acesso e segurança

Outro ponto positivo que aparece com o uso de aparelhos interligados é a simplicidade para trabalhar o controle de acesso.

Em diversas companhias mundo afora já são usadas técnicas como essas para garantir segurança e permitir a entrada em determinados lugares apenas com as autorizações necessárias.

Com esse objetivo, sistemas de reconhecimento biométrico e facial são alternativas utilizadas.

Trabalhe em uma companhia que está atenta a modernização das operações de TI

Nós, da Cadmus, buscamos compreender todas as possibilidades que possam melhorar a eficiência do departamento de operações de TI em uma instituição.

Com esse foco, buscamos contar com os profissionais mais capacitados e preparados para seguir os avanços do mercado, sejam eles Desenvolvedores, Programadores Analistas ou especialistas que atuam como Agile Coach.

Tem interesse em trabalhar conosco? Entre em nosso site e confira as vagas disponíveis!