Como usar a Gamification para aumentar a produtividade corporativa? - CADMUS

Como usar a Gamification para aumentar a produtividade corporativa?

Gamification para aumentar a produtividade

Um dos maiores problemas que as empresas enfrentam em seus projetos é a produtividade. Sabemos que o brasileiro tem como costume deixar para o último momento a realização de tarefas e a entrega de resultados, o que gera stress e atrasos para o time.

As empresas buscam o aumento de produtividade de forma sustentável, reduzindo desperdícios e melhorando as entregas. Pensando nisso, uma das mais inovadoras estratégias para resolver este problema está se propagando no mercado com o nome de Gamification.

O que é Gamification?

São técnicas e estratégias que não necessariamente são associadas a jogos. É tornar o “jogo” uma realidade, que impacta pontos de engajamento, produtividade, foco e determinação, tornando simples a forma de atingir metas e objetivos.

Segundo Karl Kapp, o gamification é “engajar pessoas, motivar ações, promover aprendizado e resolver problemas.” Já Kevin Werbach diz que “ é aprender através de games”. Enquanto a Gartner Group, o gamification “ é uma ampla tendência de empregar mecânicas de jogos para ambientes que não são jogos, como áreas de inovação, treinamentos empresariais, causas sociais e área de saúde.”

Dessa forma, a gamificação nada mais é do que utilizar elementos de jogos, com o intuito de promover o engajamento e aprendizado das pessoas. Esses elementos são: pontuação (score), fases, “prêmios” por conquistas e barras de progresso, que aumentam e facilitam a interação entre as pessoas e o canal na qual foi aplicado.

Por que usar Gamification para melhorar os processos e aumentar a produtividade?

Pensando nos dias de hoje e no comportamento que a indústria 4.0 vem gerando, a Gamification é sem dúvida a estratégia mais assertiva para motivar equipes. Isso por usar o lúdico e a gestão visual de progresso para potencializar o engajamento e consequentemente aumentar a produtividade através de suas técnicas.

As vantagens da Gamification nos projetos.

São inúmeras as vantagens de usar a gamification, pois utiliza as principais características de jogos como: placar, ranking, disputas em grupo, tempo, missão e outros objetivos. Ela não só se limita ao aumento da produção, como também uma melhora na entrega, ou seja, com uma maior qualidade, engajamento do time, aprendizado e um melhor retorno de investimento para o cliente.

Como implementar a gamificação como estratégia junto às equipes?

· Partir do que motiva a equipe para montar o jogo · Basear o story-telling nos interesses do grupo · Buscar o engajamento e usar com propriedade o poder da recompensa · Alinhar os objetivos da empresa e dos colaboradores de forma lúdica · Trilhar caminhos progressivos, inclusive relacionados ao plano de carreira · Motivar e estimular o trabalho em equipe · Formar um ambiente favorável para feedbacks construtivos · Testar e ajustar sempre que necessário

Para isso, é necessário saber o que motiva cada pessoa; sabemos que cada um tem seus objetivos, tanto pessoais quanto profissionais, sua forma de ser, de pensar e de se relacionar. Algo que ajuda nesse processo, é a dinâmica do Moving Motivators, uma das técnicas do Management 3.0 ; é uma excelente forma de descobrir o que motiva cada um, e como consequência a equipe.

Feedback

Para um bom resultado é importante fornecer um feedback aos jogadores, informando – os a performance, o quanto falta para atingir as metas, pontuação, desafios já concluídos, missões, classificação de cada jogador, entre outros. Gerando um maior engajamento e motivação.

Criar uma sensação de progressão no jogo é fundamental para que os jogadores tenham a vontade de chegar até a final do jogo, e o principal, vencer!

Como é a Gamification na prática?

Em uma entrevista com Gabriel Freitas, UX Lead na Cadmus, ele nos conta sua experiência com a Gamification na empresa e como essa estratégia traz além de engajamento, feedback e muita motivação.

Gabriel diz que “ A gamification melhora o ânimo das equipes , bem como uma entrega maior de esforço nas tarefas diárias a fim de ajudar um ao outro a entregar suas tasks.” Notamos colaboradores mais ativos e proativos.

Quanto ao aspecto profissional , é visível uma melhora na autoestima e um grande entrosamento entre as equipes, levando-os a uma competição saudável , o que é essencial para o crescimento dos profissionais.